Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

terça-feira, 19 de julho de 2022

INSTITUTO BUTANTAN RECONHECE ATUAÇÃO DO CENTRO DE GENÔMICA FUNCIONAL PELA ATUAÇÃO NA PANDEMIA

 



    Equipe recebeu certificados do Instituto Butantan pelos serviços prestados durante a pandemia (crédito: Denise Guimarâes)

    Desde o início da pandemia, em 2020, o Centro de Genômica Funcional Esalq/Cena realizou 50 mil testes PCR de Covid-19 e sequenciou 20 mil amostras para identificação de variantes do novo coronavirus. Esse trabalho envolveu esforços de uma equipe de 30 pessoas, entre estudantes de graduação, pós-graduação, funcionários e docentes da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) e do Centro de Energia Nuclear na Agricultura, unidades da USP em Piracicaba.

    Nesses dois anos, o Centro de Genômica Funcional integrou a rede de diagnóstico coordenada pelo Instituto Butantan durante a pandemia da Covid-19 no Brasil. “Esse ciclo termina hoje, com êxito e muita satisfação pelos serviços que auxiliaram não somente a rede coordenada pelo Butantan, mas também o município de Piracicaba. Já tínhamos equipamentos instalados para outros fins de pesquisa e pudemos reverter para um bem da nossa sociedade”, comentou o professor Luiz Lehmann Coutinho, do departamento de Zootecnia da Esalq, um dos coordenadores do projeto ao lado da professora Tsai Siu Mui, do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena/USP).

    Junto da professora Tsai, o professor Coutinho descerrou uma placa recebida pelo Instituto Butantan, instalada no Núcleo de Apoio à Pesquisa de Biologia Celular e Molecular na Agropecuária. Houve ainda entrega de certificados aos pesquisadores que integraram a equipe, muitos deles exercendo esta tarefa de forma voluntária.

    “Todo esse processo foi uma oportunidade para que a Esalq e o Cena trabalhassem em conjunto no enfrentamento de um desafio para a nossa cidade. Pudemos aplicar nosso conhecimento de pesquisa de forma transparente e assim colaboramos de forma rápida e eficaz diante de uma emergência tão grande”, apontou a professora Tsai.

    Variantes – Apesar do encerramento da rede do Butantan, o Centro de Genômica Funcional continua atuando no sequenciamento de novas variantes do Covid-19. “Seguimos realizando testes para o Hospital de Fornecedores de Cana de Piracicaba, para prefeitura de Piracicaba e para a comunidade universitária”, destacou Coutinho. A nova preocupação agora é com as novas variantes B4 e B5, já detectadas no Estado de São Paulo. “Elas são mais transmissíveis, estamos verificando um aumento no número de casos e por isso continuamos a monitorá-las”, finaliza o docente da Esalq.

    Texto: Caio Albuquerque (15/7/2022)

    Share:

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Redes Sociais

    . Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

    As Mais Lidas do Site

    Mudas Frutíferas

    Sebrae

    Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

    Blog do Rogério Gomes

    Olhar Munipal com Fábio Tajra

    Acordeon para iniciantes

    Tempo Agora em Fortaleza

    Ouça no Rádios Net

    Total de visualizações do Site