Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

terça-feira, 28 de junho de 2022

Governo do Ceará lançará Projeto de Peixamento 2022/2023 e estima beneficiar 13 mil pescadores artesanais

 

Nesta terça-feira (28), o Governo do Ceará lança o Projeto de Peixamento dos Reservatórios Públicos 2022/2023 para todo o Estado. O secretário de Relações Institucionais da Casa Civil, Nelson Martins, e o secretário executivo de Pesca da SDA, Thiago Sá Ponte, darão o pontapé da nova etapa do projeto às 8h30 durante solenidade no reservatório Beira Açude, no município de Pacajus.

Executada por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), a ação visa a reposição dos estoques pesqueiros dos açudes públicos do Estado, com o aproveitamento das águas represadas nos açudes, aumentando a produção pesqueira extrativista, gerando alimento de alto valor nutritivo, além de possibilitar a geração de renda e oportunidades de trabalho, para todos que dependem da pesca.

O projeto Peixamento 2022/2023 contemplará a marca dos 7 milhões de alevinos a serem distribuídos, sendo 6 milhões de alevinos de tilápia e 1 milhão de alevinos de outras espécies entre carpa comum, curimatã e tambaqui. Segundo a Coordenadoria de Desenvolvimento da Pesca e Aquicultura Familiar da SDA (Copea/SDA) tais espécies de peixes são consideradas tradicionais no gosto popular.

Até meados de março do próximo ano devem ser assistidos 13 mil pescadores artesanais continentais e cerca 70 mil famílias que vivem nas proximidades dos maiores reservatórios do Estado. A intenção é realizar o peixamento em todo território cearense, nos 1.200 reservatórios públicos mais significativos, dentre estaduais, municipais, comunitários e de áreas de assentamento, que estejam com volumes aceitáveis de água, que possam propiciar um aumento de produção pesqueira.

O investimento do Governo do Ceará será de R$ 1.500.000,00 e a estimativa de produção é de 1.645 toneladas de peixes/ano, oriundos da pesca extrativista, gerando uma renda estimada de R$ 12.337.500 dentro do estado do Ceará.

Somente no município de Pacajus, localizado na Região Metropolitana de Fortaleza, serão beneficiados 220 famílias e 60 pescadores artesanais da região com o repovoamento de 100 mil alevinos.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site