Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

terça-feira, 19 de abril de 2022

Especialistas internacionais avaliam banco genético de coco da Embrapa

 Foto: Saulo Coelho

Saulo Coelho - Equipe em Itaporanga

Equipe em Itaporanga

A Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE) recebeu, de 11 a 14 de abril, a visita de uma comitiva de cinco avaliadores internacionais, membros da International Coconut Community (ICC) e da International Coconut Genetic Resources Network (Cogent), órgãos ligados ao fortalecimento da cultura e conservação do coqueiro no cenário mundial. 

Os pesquisadores, naturais da Indonésia, Índia, Filipinas e Reino Unido, conheceram de perto e avaliaram as condições e características do Banco Ativo Internacional de Germoplasma do Coqueiro para a América Latina e Caribe (ICG-LAC, na sigla em inglês), mantido para conservação de recursos genéticos do coqueiro pela Embrapa Tabuleiros Costeiros, nos campos experimentais de Itaporanga d'Ajuda e Neópolis, em Sergipe.  

A comitiva foi composta por Jelfina Alouw, diretora executiva da ICC, Mridula Kottekate, diretora assistente da ICC, Erlene Manohar, coordenadora da Cogent, Vincent Johnson, ex-diretor e consultor técnico da ICC, e Vittal Niral, pesquisadora do Central Plantation Crops Research Institute, da Índia.

 

Os visitantes tiveram reuniões de pré-avaliação na segunda (11), e de feedback e planejamento de ações na quinta (14) na sede da Unidade, em Aracaju, onde interagiram e trocaram informações com gestores e pesquisadores da equipe de coco, e conheceram fluxos de trabalhos de pesquisa e conservação, bem como a estrutura de laboratórios, que dão suporte de análise de amostras e dados para a manutenção do banco. 

Na terça e quarta (12 e 13), os avaliadores visitaram, respectivamente, os campos de Itaporanga e Betume (Neópolis), acompanhados por Marcelo Fernandes, chefe de Pesquisa &  Desenvolvimento, o pesquisador Emiliano Nassau, curador do banco, e o supervisor de comunicação Saulo Coelho, onde foram recebidos e guiados pelo supervisor de campo Erivaldo Moraes e o técnico Cleverson Santos. Ainda na quarta (13), o grupo visitou o plantio comercial de coco anão verde para água de coco da empresa H. Dantas, no perímetro irigado Platô de Neópolis.

A visita de avaliação integra a agenda de esforços de cooperação internacional para conservar os recursos genéticos do coqueiro para a comunidade global. O Brasil é um dos maiores produtores de coco do planeta, e Sergipe e o Nordeste ocupam posição de destaque na produção nacional. A Embrapa Tabuleiros Costeiros detém, desde a década de 1970, o mandato nacional das pesquisas públicas com a cultura do coqueiro.

Os passos seguintes à visita serão a entrega de um relatório detalhado da avaliação e a construção conjunta de um plano de trabalho para a melhoria e avanço das ações de conservação em alinhamento com a rede internacional dos BAGs de coco.

Para Manohar, mesmo diante de um cenário global de dificuldades, agravado ainda mais por conta da pandemia, o trabalho e a superação das equipes que atuam na manutenção dos bancos de germoplasma tem sido o grande diferencial para garantir a conservação efetiva dos recursos genéticos do coqueiro.

Os planos de ação gerados a partir das visitas do grupo aos cinco bancos internacionais deve apontar caminhos para melhorias de processos na gestão dos recursos genéticos, avanços nos protocolos e políticas para aporte de fundos, intercâmbio de material genético entre os países membros com foco em programas de melhoramento genético, prevenção e controle de pragas e doenças, entre outros.

Saulo Coelho (MTb/SE 1065)
Embrapa Tabuleiros Costeiros

Contatos para a imprensa

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site