Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

terça-feira, 22 de março de 2022

Dia de São José: Governo do Ceará anuncia investimentos de R$ 400 milhões para o meio rural

 Ações de apoio à pesca artesanal, saneamento rural, mecanização agrícola, capacitação para agricultores das cadeias produtivas da agricultura familiar e a efetivação dos aprovados no último concurso da Ematerce estiveram entre os anúncios

“Quero pedir uma forte salva de palmas para São José, e pedir que ele abençoe com muita chuva o Estado do Ceará”. Foi assim que o governador Camilo Santana iniciou o discurso para anunciar um investimento superior a R$ 400 milhões para o meio rural cearense, no dia do padroeiro do Estado. Além disso, a solenidade marcou a efetivação de 192 aprovados no último concurso para a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA).

“Mesmo com a pandemia, nunca deixamos de investir em quem mais precisa. Sempre estivemos apoiando os nossos agricultores e agricultoras familiares oferecendo as condições para que eles continuem produzindo para si e para a comercialização. O Ceará nunca vai abandonar os homens e mulheres do campo que agora vão contar com novos servidores para lhes dar assistência técnica e condição e permanecer no campo produzindo e trazendo também desenvolvimento para o Estado”, afirmou o governador.

O presidente da Ematerce, Antônio Amorim, destacou que a luta para a realização de um novo concurso para o órgão foi encabeçada pelo governador desde 2007, quando Camilo Santana era o secretário do Desenvolvimento Agrário. “Agora este sonho está se concretizando e o Estado do Ceará segue firme com a política pública de oferecer assistência técnica para agricultores e agricultoras familiares, que terão a oportunidade de oferecer produtos de qualidade para a nossa população”, disse.

Para a técnica agrícola Bruna Vieira, empossada como servidora da Ematerce, “é uma alegria e orgulho assumir esta vaga no corpo técnico da Ematerce. Temos muito orgulho de agora poder contribuir com o fortalecimento da agricultura familiar do nosso estado”.

A secretária do Desenvolvimento Agrário, Ana Teresa de Carvalho, também comemorou os investimentos na zona rural cearense. “Nunca o governador deixou de investir no homem e na mulher do campo. Sempre trazendo benefícios e condições para que ele possa produzir e trazer alimentos de qualidade para mesa dos cearenses e para comercializar com os mercados nacional e internacional. Tenho certeza que isso coloca o Ceará a frente de muitos estados do Brasil”.

Entre os investimentos anunciados pelo governador Camilo Santana estão a de liberação de 183 tratores para o Projeto de Mecanização Agrícola com plaina agrícola a todos os municípios cearenses (exceto Fortaleza que não dispõe de área agrícola).

Pesca e aquicultura

Também foi anunciada a implantação de uma fábrica para produção de gelo escama no Cais Pesqueiro, em Fortaleza. A unidade ficará localizada no Cais Pesqueiro do Mucuripe para atender à necessidade diária de gelo das embarcações pesqueiras, com a capacidade de produção de 20 toneladas de gelo por dia beneficiando diretamente 900 pescadores artesanais e 4.500 pessoas indiretamente do município de Fortaleza.

Também foi anunciada a nova etapa do Projeto de Peixamento dos Açudes Públicos 2022/2023 com a distribuição de 7 milhões de alevinos, para atender até 60 mil cearenses diretamente por meio do incentivo à atividade da pesca artesanal.

Além disso, o Governo do Ceará vai construir, em Fortaleza, uma escola de pesca para capacitar pescadores artesanais. A escola vai ser denominada de Escola Wilson Brandão, em homenagem ao ex-secretário executivo da SDA falecido em 2020, vítima da Covid-19.

Saneamento rural

Foi revelada ainda a instalação de 18 sistemas de abastecimento de água, com recursos do Tesouro estadual, beneficiando 1.754 famílias, dos municípios de Crateús (10), Independência (1), General Sampaio (2), Jucás (1), Quixeramobim (2) e Quixadá (2) e a implantação de 21 sistemas de abastecimento, por meio do Projeto São José IV, beneficiando 4.875 famílias dos municípios de Icó, Apuiarés, Morada Nova, Maranguape, Pacajus, Acopiara, Crateús, Sobral, Independência, Farias Brito, Amontada, Senador Pompeu, Orós, Reriutaba e Porteiras.

O Governo do Ceará, por meio da SDA, também vai construir 3.778 cisternas de placa, em 39 municípios, em convênio com o Ministério do Desenvolvimento Regional; e perfurar 78 poços e instalar chafarizes, beneficiando 1.170 famílias, por meio de recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop).

Cadeias produtivas

O Governo do Ceará vai investir ainda R$ 160 milhões para financiamento de 250 projetos produtivos, beneficiando diretamente mais de 10 mil famílias de agricultores familiares, de 98 municípios, com projetos que visam a conquista de mercado de produtos oriundos da agricultura.

Outros R$ 20 milhões serão investidos para 40 Planos de Desenvolvimento Comunitários, atendendo até 1.815 famílias que trabalham diretamente na agricultura (grupos prioritários), em 24 municípios: Aiuaba, Aracati, Brejo Santo, Croatá, Fortaleza, Graça, Ibaretama, Icó, Ipu, Ipueiras, Jaguaretama, Jaguaribara, Jardim, Monsenhor Tabosa, Morada Nova, Morrinhos, Parambu, Pindoretama, Quiterianópolis, Quixadá, Salitre, São Benedito, Tabuleiro do Norte e Tejuçuoca.

Vão ser implantados 600 projetos de Mandala (estrutura produtiva para produção de alimentos agroecológicos, proporcionando o aumento social produtivo e econômico de famílias vinculadas ao Programa “Mais Infância”). As Mandalas atenderão 600 famílias de 60 municípios selecionados. “Eu iniciei este projeto quando eu era secretário do Desenvolvimento Agrário e fico feliz em ver que essas mandalas estão levando desenvolvimento para diversas comunidades do Ceará e que agora vamos beneficiar o programa Mais Infância”, comemorou o governador.

A SDA vai instalar também 1.405 fogões ecológicos, investimento direto do Tesouro Estadual, contemplando uma família por unidade em cidades com registro de grave desertificação.

Para a vice-governadora Izolda Cela, esses investimentos em uma área tão essencial do Ceará vão beneficiar quem mora na zona rural do Ceará. “São José leva o pedido do cearense por chuva aos céus. Aqui, nós gestores temos que fazer um planejamento para melhorar a infraestrutura do campo chega para trazer melhores dias para quem vive no campo e produz alimento. O Governo do Ceará está cumprindo muito bem esta missão, investindo em quem precisa de apoio para produzir. É um mais um diferencial do Estado do Ceará”.

Presenças

Compareceram à solenidade, o secretário chefe da Casa Civil, Chagas Vieira, os ex-secretários da SDA, Nelson Martins (atual assessor especial de Relações Institucionais), Dedé Teixeira e Francisco de Assis Diniz, o presidnete do Idace, José Wilson Gonçalves, representantes dos movimentos sociais ligados à agricultura familiar (Fetraece, MST, Movimento dos Atingidos por Barragens), lideranças sociais e comunitárias entre outras autoridades.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site