Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

Missão do Banco Mundial visitará projetos do São José em Pacajus, Trairi e Maracanaú

 Erivelton M. Celedônio - Ascom SDA Texto e Fotos

Teve início nesta segunda-feira (29) a segunda missão de supervisão do Projeto São José IV. As tratativas ocorrem semestralmente para acompanhamento das ações do projeto. Oriundo de um acordo entre o Governo do Ceará e o Banco Mundial, o programa São José IV prevê beneficiar 440 mil pessoas em iniciativas como a segurança hídrica, assistência técnica e acesso à mercado.

A missão ocorre até o próximo dia 6 de dezembro com visitas de campo a municípios da Região Metropolitana de Fortaleza. Projetos que receberam recursos na etapa anterior do programa serão visitados pela equipe. A Coopacaju (Pacajus), a Agroindústria de Polpa de Frutas da Associação Menino Jesus de Praga (Maracanaú) e atividades produtivas da Cooperativa Agropecuária do Trairi receberão a visita dos técnicos da SDA e do novo consultor sênior do Banco Mundial, Eirivelthon Santos Lima.

Nesta segunda-feira (29) o grupo foi recebido em Fortaleza pelo secretário Francisco De Assis Diniz, acompanhado dos secretários executivos Carlos Bezerra (Executivo do Desenvolvimento Agrário) e Demitri Cruz (Planejamento e Gestão Interna). A presidente do Instituto Agropolos do Ceará, Ana Teresa, também participou da abertura da missão.

Com as ações do São José, o homem do campo acaba ganhando socialmente e financeiramente, na visão do secretário De Assis Diniz. “Os sistemas de abastecimentos têm uma relação fundamental de cidadania. Aquela imagem da lata d’água na cabeça vai acabar, em um período muito curto, com a universalização da água em nosso sertão. Ao olharmos esse processo, vamos dar um passo de consolidação para desenvolver, agregar e ampliar a atividade agrícola e pecuária, com foco no mercado e na comercialização”, pontuou o titular.

“Nossa ideia é acompanharmos o desempenho destes primeiros ano da nova operação do PSJ IV, uma vez que já lançamos os editais, realizamos seleções e vamos à campo ver os tipos de investimentos que estamos apoiando para acessar mercado. Não tenho dúvidas de que seguiremos de mãos dadas com a SDA e o Ceará nesta missão com foco nos homens e mulheres do campo”, destacou Eirivelthon Santos Lima.

Até o encerramento da missão, fora os dias de campo, os técnicos estarão reunidos para planejamento e avaliações entre SDA, Banco Mundial, Instituto Agropolos, Ematerce, Sisar e outros parceiros institucionais como Sohidra, Ipece e Cagece.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site