Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

sábado, 29 de janeiro de 2022

113 das 184 cidades cearenses já registram volume de chuva acima da média histórica para janeiro

 



O volume acumulado em janeiro já é o segundo maior desde 2016, quando, naquele ano, janeiro encerrou com 189.6 mm.


Janeiro deste ano de 2022 se aproxima do fim com um dos melhores volumes acumulados de chuva dos últimos anos para o período. Até a manhã desta sexta-feira (28), a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) já havia contabilizado o acumulado de 154,5 milímetros. O índice, além de significativo, está bem distribuído em todas as regiões do Estado.

Dos 184 municípios cearenses, 113 já obtiveram volume acima da média histórica para o período. Os dados são da Funceme e foram extraídos às 9h13 de ontem (28). Eles são parciais e podem passar por atualização ao longo dos próximos dias.

É muito importante, tanto para agricultura como para a recarga dos açudes, quando essas chuvas, além de volumosas, são bem distribuídas e regulares.
EDUARDO SÁVIO
Presidente da Funceme

De todas as cidades do Estado, 13 já contabilizam volume acumulado superior a 300 milímetrosIguatu, na região Centro-Sul, lidera o ranking, com precipitações acumuladas de 384 mm, índice 169,5% superior à média histórica para o Município no mês de janeiro (142,5mm). Em seguida, aparecem Hidrolândia (379 mm) e Ibiapina (346,3 mm).

Confira a lista de todas as cidades que já superam o acumulado de 300 mm em janeiro:

  • Iguatu: 384 mm - 169,5% acima da média histórica
  • Hidrolândia: 379 mm - 296,9% acima da média histórica
  • Ibiapiana: 346,3 mm - 73,1% acima da média histórica 
  • São Benedito: 341 mm - 133,6% acima da média histórica
  • Granjeiro: 384 mm - não consta no portal da Funceme a porcentagem referente à média
  • Cariús: 328 mm - 111,1% acima da média histórica
  • Várzea Alegre: 324 mm - 48% acima da média histórica
  • Jucás: 319,5 mm - 118,4% acima da média histórica
  • Cedro: 316 mm - 99,6% acima da média histórica
  • Ibaretama: 303,6 mm - 222,1% acima da média histórica
  • Ipaumirim: 302 mm - 169,5% acima da média histórica
  • Palmácia: 144,3 mm - 109,2% acima da média histórica
  • Guaiúba: 300 mm - 265,8% acima da média histórica


No lado oposto estão as cidades cujo volume acumulado ainda está aquém da média histórica. Contudo, nessa lista de 71 municípios, há municípios que estão bem próximos de atingir a normal climatológica, como são os casos de Orós (falta apenas 0,8 mm) e Caucaia (restando 1,4mm).


DN Regional 

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site