Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Maior poço profundo do Ceará é reativado com 70% a mais de vazão na Chapada do Araripe

Maior poço profundo do Ceará é reativado com 70% a mais de vazão na Chapada do Araripe

A captação de água vai assegurar abastecimento de Araripe, Campos Sales e Salitre


Poço

Um desafio técnico que perdura desde 2001 no Ceará visando extrair água no poço mais profundo do Estado (750 m) tem mais um capítulo. A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) conseguiu captar água a 400 metros de profundidade na Serra dos Carneiros, na Chapada do Araripe, no Sul cearense.

O conjunto de motor-bombas foi reativado e agora o poço deverá reforçar o abastecimento de água das cidades de Campos Sales, Araripe e Salitre, beneficiando de mais de 50 mil pessoas.

O recurso hídrico, após operação de testes, já chega aos sistemas de tratamento da Cagece em Campos Sales e Araripe. Para Salitre, a adutora que vai transferir a água está em fase de teste.

De acordo com a Cagece, o poço conta agora com uma vazão 50 m³/s maior que anteriormente, quando alcançava o máximo de 70 m³/s. A nova bomba motora distribui hoje 120 m³/s de vazão, ou seja, um volume superior em 70%.

O trabalho mais recente para reativar o poço começou em novembro de 2020, quando a Cagece e a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) verificaram as condições internas do poço.

Após uma análise positiva, a Cagece investiu cerca de R$ 200 mil na compra de uma nova bomba, materiais para a operação e na contratação de profissionais especializados

Nos últimos dois meses, houve planejamento para execução dos serviços de instalação da nova bomba. A coordenadora de operação industrial da Cagece, Arilete Barros, comemorou o resultado positivo e o alívio por assegurar o abastecimento das três cidades. “Isso ficou enraizado em toda a equipe, estava todo mundo muito empenhado em fazer acontecer", disse.

Arilete Barros adiantou que a Cagece mantém parceria com uma empresa especializada de São Paulo para instalar o segundo poço profundo existente na área.Esses poços são a garantia de abastecimento para as três cidades, que sofrem muito com a escassez de água”, pontuou. “Eles são os mais diferentes de todos os outros do Ceará porque a gente encontra água a 400 metros de profundidade e preciso uma estrutura grandiosa e planejada para se ter sucesso”

Arilete Barros
Coordenadora de operação industrial da Cagece

ÁGUA ENCONTRADA EM VEZ DE PETRÓLEO

O Poço PP05 esteve em operação entre 2017 e 2019, mas por problema no bombeamento o sistema foi paralisado.

A Cagece tem estrutura montada no alto da serra do Araripe com reservatórios, sistema de captação e distribuição de água por meio de adutora para atender as cidades de Araripe, Campos Sales e Salitre.

Poço

São dois poços profundos com cerca de 750 metros que foram perfurados em 2000 pela Petrobrás, que fazia sondagem na tentativa de localizar petróleo na Chapada do Araripe. Não encontrou o óleo preto, mas descobriu outra riqueza para suprir a sede do sertanejo: água de boa qualidade.

Os reservatórios foram repassados para o governo do Estado que em 2001 iniciou os sistemas de captação de água, que até hoje permanece como desafio técnico. 

O histórico mostra que houve tentativas fracassadas de reativação dos poços em 2001, 2011, 2013 e 2016.

A bomba fica a uma profundidade de 412 metros, sendo necessário o uso de um guindaste de 70 toneladas que permitiu a colocação do equipamento, que pesa, com a tubulação, 30 toneladas.



Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site