Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

segunda-feira, 19 de julho de 2021

Ematerce faz avaliação sobre suportes hídrico e forrageiro de Fazenda Modelo, em Quixeramobim-CE

 

Comissão Técnica da Ematerce realiza vistoria sobre condições do suporte forrageiro, capacidade hídrica e situações sanitária e produtiva dos animais da Fazenda Normal.

A Diretoria Executiva da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará- Ematerce – instituiu uma Comissão de inspeção e avaliação da atual situação em que se encontra a Fazenda Normal. O principal objetivo dessa comissão é fazer um real levantamento sobre as condições da capacidade hídrica dos açudes, poços profundos e amazonas, suporte forrageiro e também, sobre as condições sanitárias e físicas dos rebanhos bovinos, ovinos e equídeos da fazenda, visando a sustentabilidade do rebanho, durante o período de estiagem, esperada para o segundo semestre do ano.

Agrônomos e Veterinários da Ematerce  fazendo vistoria do plantel de gado bovino da Fazenda Normal, em Quixeramobim -CE.

A Fazenda Normal é uma Unidade de Treinamento Agrícola, de propriedade da Ematerce localizada no município de Quixeramobim- CE – distrito de Uruquê, no sertão central do Ceará, a 214 quilômetros de Fortaleza- CE -, com acesso pela Estrada do Algodão, com área de 1.507 hectares. Possui várias unidades demonstrativas didáticas de culturas agrícolas, bovinocultura, ovinocultura e apicultura. Para suporte didático existe um Centro de Treinamento, com auditório, salas de aulas, refeitório e dormitórios para 50 pessoas.

A comissão foi composta pelos técnicos da Ematerce José Alcy Pinheiro (Agrônomo), Antônio Tarcísio Grangeiro(Veterinário), Marcílio Roberto Tavares (Veterinário), Maria Evanira Fraga (Gerente da Fazenda Normal) e o técnico Antônio Warlysson Brito. A Comissão constatou que, em 2021, as precipitações pluviométricas não foram suficientes para encherem os mananciais hídricos da unidade de produção como também, o suporte forrageiro plantado não prosperou com a falta de chuvas e vários veranicos.

Concluída a inspeção, a comissão recomendou a necessidade de descartes de alguns animais ovinos, principalmente por problema de consanguinidade e por falta de pasto, descarte de bovinos que apresentam baixa produtividade e também alguns equídeos em idade avançada.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site