Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

quinta-feira, 22 de julho de 2021

Açudes mais cheios fazem pesca artesanal de água doce crescer 25% no Ceará

 

Há dois meses e meio que pescadores voltaram à atividade, após fim do período de defeso e a pesca deve aumentar a partir de setembro


Recargas de médios e pequenos açudes no interior cearense favorecem neste ano a pesca artesanal. Estimativas de colônias de pescadores apontam aumento de 25% na quantidade de peixe em relação ao mesmo período de 2020. Nos dois maiores reservatórios do Ceará, Castanhão (11,9%) e Orós (28%), ‘a água tá boa pra peixe’, como costumam falar os piscicultores.

A partir de 1º de maio passado, com o fim do período de três meses de defeso (proibição) de pesca da água doce (rios, açudes e lagoas) das espécies branquinha, curimatã, piaba, sardinha e tambaqui, os pescadores em seus barcos e canoas voltaram às águas interiores.

dn

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site