Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

quinta-feira, 20 de maio de 2021

Adagri consegue junto ao MAPA a ampliação da Área Livre de Mosca das Frutas no Ceará

 Adagri consegue junto ao MAPA a ampliação da Área Livre de Mosca das Frutas no Ceará

18 DE MAIO DE 2021 - 11:29 # # # # # #

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), publicou nesta segunda-feira (17) a Portaria Nº 305, de 12 de maio de 2021, que expande a Área Livre da praga Anastrepha grandis no Ceará, conhecida como mosca-das-cucurbitáceas sul-americana ou mosca das frutas. Os municípios de Fortim, Tabuleiro do Norte e o distrito de Aruaru, em Morada Nova, se somam aos municípios de Aracati, Jaguaruana, Icapuí, Itaiçaba, Limoeiro do Norte, Palhano, Quixeré e Russas, já reconhecidos pelo MAPA como Áreas Livres de Pragas (ALP). “Com a inclusão desses municípios ampliaremos as áreas de produção de curcubitáceas – melão, melancia e abóbora. A medida garante a expansão dos mercados, ganho da competitividade e o fortalecimento da economia do nosso estado”, destaca a presidente da Adagri, Vilma Freire.

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), é a responsável no Estado por realizar o monitoramento da mosca das frutas, o cadastro das Unidades de Produções, a fiscalização do processo de Certificação Fitossanitária de Origem e o controle do trânsito de cucurbitáceas, a fim de garantir a manutenção do Status. Todo esse processo é realizado pelos Fiscais e Agentes Estaduais Agropecuários, em parceria com os auditores da Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento no estado do Ceará (SFA-CE/MAPA), que audita a Agência regularmente.

Para o secretário executivo do Agronegócio da Sedet, Silvio Carlos Ribeiro, o status é um “requisito imprescindível da exportação de melão para diversos paises, a ALP é um patrimônio para o Ceará e, com essa expansão deve atrair novos investimentos”, comemora. A Portaria entra em vigor em 1º de junho de 2021 e segundo a diretora de Prevenção da Adagri, Neiliane Borges, a Portaria também revalida o reconhecimento da área livre da praga Anastrepha grandis no Ceará. A Área Livre é reconhecida internacionalmente e é única na América Latina. “Sua ampliação atende a demanda de produtores de curcubitáceas que visam expandir suas áreas de produção nesses novos municípios”, ressalta.

Conforme o documento, o reconhecimento do Status será mantido por tempo indeterminado, desde que sejam observadas as exigências para sua manutenção.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site