Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

segunda-feira, 24 de maio de 2021

305 famílias rurais conquistam título de propriedade rural em Quixelô

 Município da região Centro Sul completa 852 famílias de agricultores e agricultoras familiares beneficiados com entrega do papel da terra. Meta é atender 1.782

305 famílias de agricultores familiares de Quixelô conquistaram o título de propriedade rural na última terça-feira (18). A cerimônia transmitida pelas redes sociais da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), do Instituto de Desenvolvimento Agrário do Ceará (Idace) e da Prefeitura Municipal seguiu as orientações sanitárias do Governo do Ceará. “Esperamos, em breve, estarmos juntos para celebrar as conquistas da agricultura familiar, embora o momento que atravessamos nos exija cautela e cuidado com a saúde do homem e da mulher do campo”, saudou De Assis Diniz.

“Com o título registrado em cartório, você conquista uma ação contínua do Governo do Ceará em benefício do agricultor e da agricultora familiar. Ele passa a acessar a assessoria técnica prestada pela Ematerce, os projetos produtivos executados pela SDA e ainda outras ações dos governos federal e municipal. É a conquista da cidadania e da segurança jurídica – e é isso o que desejamos para todos os trabalhadores e trabalhadoras rurais”, complementou o secretário de Desenvolvimento Agrário na abertura da live.

“Em todas as políticas públicas voltadas para a agricultura familiar, a Prefeitura conta com o apoio do governador Camilo Santana e somos muito gratos pelo esforço da equipe técnica da Secretaria de Desenvolvimento Agrário e do Idace por estarmos juntos nesta parceria”, reconheceu o prefeito Adil Junior. Para o gestor municipal, o papel da terra facilita a vida do produtor porque “permite o acesso ao crédito nos bancos públicos e gera uma maior produção, mais renda e expansão do desenvolvimento para a nossa cidade”, descreveu.

Regularização fundiária

A política de regularização fundiária no Ceará nasceu em paralelo aos projetos de Transposição do Rio São Francisco e da Transnordestina. No período, o então governador Cid Gomes e o secretário de Desenvolvimento Agrário, Camilo Santana, construíram uma proposta de regularização fundiária em todo Estado. “Jamais pensamos que chegaríamos tão longe e, graças a Deus, estamos dando conta da execução dessa importante política pública”, comemorou Paulo Henrique, diretor técnico do Idace, ao relembrar a contribuição de Wilson Brandão.

“Como servidor do Idace, hoje é um dia de muita alegria porque estamos vendo o fruto do nosso trabalho: que é beneficiar o trabalhador rural com o título da terra. Hoje, 1.782 famílias de agricultores familiares são passíveis de receberem o papel da terra e já entregamos a 852 este importante documento que representa também uma parceria firmada entre o Governo do Ceará e o governo federal”, acrescentou. “Sintam-se privilegiados, agricultores, e parabéns às equipes técnicas do Idace, da secretaria e da prefeitura por esta importante conquista”, finalizou.

Também discursaram na solenidade de entrega de títulos de propriedade rural em Quixelô: os deputados estaduais Moisés Braz e Marcos Sobreira, a representante da Fetraece, Rosângela Moura, e o técnico da coordenadoria de Desenvolvimento das Cadeias Produtivas da Pecuária (Copea/SDA), Márcio Peixoto, que também é quixeloense e nasceu na comunidade do Faé. Além destes, participaram da solenidade o vereador Zé Francisco; o secretário municipal de Desenvolvimento Agrário e Meio Ambiente, Francisco Lima; e o técnico local do Idace, Raimundo Brilhante.

ASCOM

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site