Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Projeto São José IV agora oferece serviço de tira-dúvidas pelo Whatsapp


Projeto São José IV agora oferece serviço de tira-dúvidas pelo Whatsapp

Texto: André Gurjão

Desde o último dia (12), a Secretaria de Desenvolvimento Agrário dispõe de um número de Whatsapp para esclarecer eventuais dúvidas de produtores rurais, associações comunitárias, cooperativas, entidades e secretários municipais sobre o Projeto São José IV. O atendimento em tempo real acontece no horário comercial, de 8h às 12h e das 13h às 17h, e se soma aos serviços já ofertados pelo bate-papo do site da Secretaria e pelo telefone (85) 3217.2857. Também é possível enviar perguntas sobre o edital de abastecimento d´água para o e-mail (edital02.psj@sda.ce.gov.br).

Lançado pelo Governo do Ceará no final do ano passado, o Edital No. 02/2020 recebe, até 19 de fevereiro, inscrições de entidades interessadas em concorrerem a um dos 50 primeiros sistemas de abastecimento d´água ofertados pelo PSJ IV. O alongamento do prazo, por mais 15 dias, decorreu do grande número de cadastros incompletos. O órgão do Governo do Ceará avalia que problemas com a conectividade no interior do Estado estejam prejudicando as inscrições.

Em relação aos Editais No. 01/2021 e No. 02/2021, de Acesso ao Mercado e Inclusão Produtiva de Comunidades Tradicionais, respectivamente, o projeto esclarece que as entidades terão até o dia 25 para consulta dos editais no site da SDA. Os editais prevêem a seleção de 75 projetos para o fortalecimento do acesso ao mercado, no esforço de ampliar a receita de agricultores familiares; e de outros 12 para grupos prioritários, como quilombolas, indígenas, pescadores artesanais, atingidos por barragens, mulheres e jovens.

“Mesmo durante uma pandemia, o governador Camilo Santana assegura um investimento de R$ 750 milhões para implantar sistemas de abastecimento d´água e projetos produtivos em todo Ceará”, elogia Lafaete Almeida, coordenador do PSJ. “Somos mais de 341,1 mil pequenos produtores rurais e há cadeias que ainda buscam um melhor nível de organização e investimentos que agreguem valor aos produtos da agricultura familiar”, justifica o secretário De Assis Diniz.

Como cases de sucesso, Diniz cita iniciativas como a fabricação de queijos artesanais no Sertão Central, implantações de agroindústrias de polpa de fruta, fornecimento de leite bovino e caprino para o Programa de Aquisição de Alimentos – Modalidade Leite (PAA Leite) e a produção de castanha no Vale do Pirangi. “Teremos agora o reuso d´água de cinzas domiciliares, dando início ao processo de inovação tecnológica para a convivência com o semiárido”, acrescenta Diniz.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site