Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

ZPE Ceará fecha 2020 com alta na movimentação de minério de ferro e placas de aço

 

A Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Ceará, empresa subsidiária do Complexo do Pecém (CIPP S/A), encerrou o último mês de 2020 com avanço na movimentação de duas de suas principais cargas. Em dezembro, 330.600 toneladas (t) de minério de ferro passaram pelos gates da companhia, alta de 15,3% ante o mesmo mês de 2019. No mesmo período, a movimentação das placas de aço produzidas pela Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) atingiu 274.232 t, crescimento de 19,6% na comparação com dezembro do ano anterior.

Um dos principais insumos utilizados na produção da ZPE Ceará, o minério de ferro, encerrou 2020 com uma movimentação total de 4,22 milhões de toneladas. Outra importante matéria-prima da companhia, o carvão mineral, atingiu 1,97 milhão de toneladas ao longo do ano, enquanto a movimentação de placas de aço, produto bastante exportado, via Porto do Pecém, para diversos países ao redor do mundo, fechou 2020 atingindo o patamar de aproximadamente 2,7 milhões de toneladas.

Balanço de 2020

No acumulado do ano, a movimentação de cargas na ZPE Ceará atingiu 11,3 milhões de toneladas, queda de 7,6% na comparação com as 12,2 milhões de toneladas registradas em 2019. Para a diretora de operações da ZPE Ceará, Andréa Freitas, o principal responsável pelo recuo foi a crise econômica global desencadeada pela pandemia da Covid-19, que freou negócios em todo o mundo. Segundo ela, mesmo diante das dificuldades de 2020, a companhia se manteve firme e operante, obtendo resultados expressivos ao longo do ano.

“Vivemos um ano atípico e cheio de desafios nunca antes vistos. Dentro dessa realidade, já esperávamos uma queda na movimentação de cargas, mas, com o trabalho de todos os colaboradores e empresas instaladas, que seguiram os protocolos de segurança e cuidados necessários neste cenário, conseguimos minimizar os impactos negativos e fechar 2020 com números expressivos, superando a marca de 11 milhões de toneladas movimentadas”, destaca Andréa.

Em 2020, a ZPE Ceará, única Zona de Processamento de Exportação atualmente em operação no Brasil, também atingiu a marca significativa de 50 milhões de toneladas movimentadas em sua história. Com o fechamento do ano, a companhia ampliou este número e alcançou 52,8 milhões de toneladas movimentadas em quase cinco anos de operação, posto que a produção foi iniciada em agosto de 2016.

Exportações e importações

Entre os principais destinos das mercadorias produzidas pela ZPE Ceará em 2020, o grande destaque foram os Estados Unidos, que receberam 892.000 toneladas de itens processados na empresa ao longo do ano. Ainda no acumulado de janeiro a dezembro, a ZPE cearense exportou um total de 2,22 milhões de toneladas, tendo como destaque, também, os mercados da China (444.120 t), Canadá (208.442 t), Coréia do Sul (190.268 t) e Bélgica (168.505 t).

No que diz respeito às importações, os principais parceiros comerciais da ZPE Ceará, em 2020, foram Estados Unidos (1,2 milhão de t), Rússia (522.445 t) e Turquia (144.632 t), que ajudaram a empresa a receber um total de 2,20 milhões de toneladas ao longo do ano, principalmente para servirem de insumos para a produção local de suas empresas instaladas.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site