Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Sistema Antecipe é destaque em reunião de comissão especial da CNA

 Sistema Antecipe para produção de grãos, desenvolvido pela Embrapa Milho e Sorgo e parceiros, foi destaque na Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), na terça-feira (8), durante evento virtual que reuniu pesquisadores da Embrapa Milho e Sorgo e da Embrapa Soja, além dos chefes das duas Unidades, Frederico Durães e Alexandre Nepomuceno.

O Sistema Antecipe, de cultivo antecipado é um sistema de semeadura intercalar do milho nas entrelinhas da soja, antes da colheita da cultura oleaginosa. Esse sistema, desenvolvido e aprimorado ao longo de 13 anos de pesquisa e validação em campo, em várias regiões do País, permite o estabelecimento precoce da cultura do milho, em até 20 dias, com redução de riscos de perda de produtividade da safrinha, em função das condições climáticas adversas no final do período de verão e início de outono. Essa antecipação possibilita maiores produtividades de milho em épocas de semeadura mais tardias.

Conheça o Sistema Antecipe acessando embrapa.br/sistema-antecipe

Na sessão on-line, a Embrapa apresentou e analisou o Sistema Antecipe alinhando os seus desdobramentos às novas metas de impacto de sua aplicação.  “A Embrapa sente-se honrada em participar deste esforço de transferir tecnologia para o produtor e para a agricultura nacional, por isso, submetemos hoje para apreciação do setor produtivo a tecnologia Antecipe”, destacou Frederico Durães ao participar da reunião. Ele destacou, ainda, a significativa participação dos cientistas da Embrapa e parceiros no desenvolvimento do Sistema.



Fábio Carneiro, secretário-executivo da Comissão Especial de Oleaginosas e assessor da CNA, falou sobre a importância deste novo conceito de semeadura do milho safrinha para o setor produtivo e chamou a atenção ao fato de apresentação do sistema ter gerado várias perguntas dos participantes durante a reunião virtual da Comissão Especial de Cereais, Fibras e Oleaginosas, o que, segundo ele, “demonstra a importância da tecnologia”.

“É uma tecnologia de conceito simples com base de conhecimentos complexos da cultura da soja e milho que consiste em antecipar o plantio do milho dentro da entrelinha da soja em até 20 dias antes da colheita da soja. Este é o ponto chave da tecnologia, é o estágio onde o produtor tem de entrar plantando no limite de semeadura do milho na entrelinha de soja”, explicou o pesquisador Décio Karam, responsável pelas apresentações na CNA.

Ele apresentou os resultados dos trabalhos da Embrapa com o Sistema Antecipe em propriedades dos estados de Minas Gerais, Paraná, Mato Grosso. De acordo com Karam, durante os experimentos, observou-se que a antecipação em 20 dias trouxe um ganho médio que variou entre 31% a 55% em relação ao milho plantado pós-soja.

“Com isso, em 2010 começamos a desenvolver na Embrapa Milho e Sorgo uma máquina apropriada para fazer o plantio, um protótipo que foi patenteado pela Empresa em 2019 e que mostrou a viabilidade de implementação da tecnologia em áreas maiores”, explicou. Ele conta que a partir de então foi feita uma parceria com a Jumil Máquinas Agrícolas, para transformar o protótipo em marca comercial.

“A tecnologia foi direcionada, inicialmente, para pequenos e médios produtores, mas pode ser utilizada também em áreas maiores, uma vez que não precisa ser aplicada em toda a área de plantio de soja”, detalhou Karam.

O pesquisador também mostrou um estudo comparativo entre sistemas de plantios tradicionais e sistemas com semeadura do milho antecipada, levando-se em conta o índice de precipitação pluviométrica de 44 milímetros, e o uso da máquina nova de semeadura, já em estágio comercial. “Com apenas 13 dias de antecipação, em uma área de validação em Batatais (SP), obtivemos um benefício de 46% a mais de produtividade do milho no Sistema Antecipe em relação ao sistema tradicional”, ponderou. Ele também destacou a manutenção de uma palhada bem mais apropriada no âmbito do Sistema Antecipe. 

Redução de riscos

O Antecipe é um sistema inovador para cultivo de milho safrinha intercalado nas entrelinhas de soja, contribui para a redução dos riscos da cultura, pois permite antecipar a semeadura em até 20 dias. A tecnologia traz um base de conhecimentos técnico- científico, uma semeadora adubadora adequada para não causar danos na cultura soja e um aplicativo para facilitar a tomada de decisão do produtor. 

Participaram da reunião virtual, representando a Embrapa, além dos gestores das duas Unidades e o pesquisador Décio Karan, os pesquisadores Emerson Borghi e Paulo César Magalhães (Embrapa Milho e Sorgo) e José Salvador Simoneti Foloni (Embrapa Soja). Fabrício Rosa de Morais, CEO da Jumil, também esteve presente e destacou a importância da tecnologia para os produtores rurais: “Nosso propósito neste projeto é fortalecer o médio e o pequeno produtor para que os resultados da agricultura brasileira sejam mais bem compartilhados”, ressaltou.

Atualmente, a Embrapa, em parceria com a Jumil Máquinas Agrícolas, trabalha com 10 produtores para testes das máquinas comercializadas. A equipe faz o acompanhamento do uso do maquinário para verificar a necessidade de melhoramento.  A meta é iniciar a venda em escala comercial entre os anos de 2021 e 2022.

A segunda safra do milho é responsável por mais de 70% da produção de milho no Brasil, cultura que está em franca expansão no país, com demanda forte do mercado consumidor interno e externo e preços altos.

A participação da Embrapa nas Comissões Especiais da CNA e nas Câmaras Setoriais do Mapa faz parte de uma estratégia de fortalecimento do relacionamento da Empresa com o setor produtivo, um trabalho coordenado pela Gerência e Relações Institucionais e Governamentais da Secretaria de Inteligência e Relações Estratégicas (Grig/Sire) em parceria com as Unidades Descentralizadas.

Saiba mais sobre o Sistema Antecipe:

Sistema Antecipe diminuiu riscos de plantio para milho safrinha

Maria Clara Guaraldo (MTb 5027/MG)

Embrapa

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site