Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Ematerce: Santana do Cariri-CE- maior produtor de abacaxi do Ceará

 O abacaxi (Ananas comosus) é originário da floresta amazônica e há milhares de anos, os povos indígenas o dispersaram pelas Américas. Naquela época, além de servir como alimento, os frutos eram utilizados para produção de bebidas alcoólicas (licor e vinho) e partes da planta serviam para o preparo de remédios. O abacaxi é uma fruta tropical amazônica que conquistou o mundo pelas suas qualidades de sabor, usos na culinária e na terapêutica. Os maiores produtores de abacaxi do mundo são a Costa Rica, Filipinas e Brasil.

O abacaxi é cultivado em todo o território nacional e grande parte da produção ocorre em pequenas propriedades, muitas delas com características de agricultura familiar. No entanto, os principais estados produtores de abacaxi são o Pará, Paraíba e Minas Gerais. O Ceará é o décimo quarto produtor brasileiro, com área plantada de 27 hectares sendo Santana do Cariri-CE, o maior produtor do Ceará, com produção de 436.000 frutos/ano. ( dados do IBGE e Embrapa- 2019).

Produtor, técnicos da Ematerce e da Secretaria Municipal de Agricultura de Santana do Cariri-CE visitam cultura de abacaxi.

No estado do Ceará, a maior produção concentra-se na região do Cariri, mais especificamente no município de Santana do Cariri-CE, cidade que fica na Região Metropolitana do Cariri, sobre a Chapada do Cariri, também conhecida por” Capital da Paleontologia”, a uma distância de 523 quilômetros de Fortaleza, com acesso em asfalto e a 37 quilômetros das cidades polos do CRAJUBAR (Crato-CE, Juazeiro do Norte-CE e Barbalha-CE). A economia do município tem como principais fontes a agricultura, a pecuária, turismo, os extrativismos vegetal e mineral, o artesanato e o comércio varejista.

No município de Santana do Cariri-CE, o abacaxi é plantado com a orientação dos técnicos da Ematerce e da Secretaria Municipal de Agricultura que, atualmente, orientam o cultivo de 34 hectares, em 17 propriedades rurais familiares, que cultivam, em média, 2,0 hectares da cultivar pérola. A produtividade média do abacaxi variedade pérola é de 175.000 frutos por hectare/safra e ocupa a mão de obra de 4,4 trabalhadores safra/ano. A cultura é financiada pelo PRONAF, através dos Bancos do Brasil e do Nordeste.

Campo de plantio de abacaxi em consorcio com mandioca.

O abacaxi produzido em Santana do Cariri-CE é de ótima qualidade e o plantio é feito em sequeiro, usando as raquetes oriundas do plantio anterior como sementes, diminuindo, assim, os custos de produção da cultura, afirmou o gerente do escritório da Ematerce, Joaquim Rodrigues.

No município, existe uma perfeita interação técnica entre a Ematerce e a Secretaria Municipal de Agricultura que juntas atendem a todos os produtores, com orientações técnicas na agricultura, fruticultura e também na pecuária. Os técnicos responsáveis pela assistência aos produtores familiares são: Joaquim Rodrigues (Ematerce), Fernandes Freitas (Ematerce) e Flávio Pontes (Secretaria). O Secretário Municipal de Agricultura é Cláudio Firmino.

A safra de abacaxi na região do Cariri cearense concentra-se nos meses de setembro/outubro, sendo comercializada nos municípios do CRAJUBAR, e também fornecida ao Programa de Aquisição de Alimentos -PAA- e ao Programa Nacional de Alimentação Escolar- PNAE. Em 2020, o preço médio da unidade de abacaxi foi vendido a R$ 3,00 a unidade, valor considerado compensador pelo produtor. Em relação a 2019, no ano de 2020 houve um incremento de área plantada, passando de 27 para 34 hectares, sendo que, para 2021, o produtor está propenso a aumentar a área e consequentemente a produção, afirma o produtor Valdemiro dos Santos(Bibi).

É unanimidade entre os técnicos e os produtores de abacaxi que o fruto produzido na região de Santana do Cariri-CE é grande e doce, agradando muito aos consumidores. Acrescentaram ainda que, a produtividade obtida na atual safra foi ótima devido à regularidade das chuvas, ausência de pragas e doenças e à excelente qualidade das sementes. O preço também contribui para incentivar o produtor a aumentar sua produção visando a próxima safra.

ASCOM.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Mudas Frutíferas

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site