Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

sábado, 12 de setembro de 2020

Semace condena três praias na volta do boletim de balneabilidade

 


A praia localizada entre o espigão da avenida Desembargador Moreira e a Volta da Jurema, na zona centro da orla de Fortaleza, está imprópria para o banho de mar. É o que informa o boletim semanal de balneabilidade, que voltou a ser emitido, nesta sexta-feira (11), pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). Também estão impróprios os trechos compreendidos entre a avenida Doutor Theberge e a rua Francisco Calaça, na zona oeste.

 
Trinta e um trechos de praias foram analisados pela Semace para a divulgação do boletim “de transição”. Os trechos condenados apresentaram proporção superior a 2.500 coliformes termotolerantes por 100 ml da amostra de água examinada. A proporção considerada alta dispensa a observação do resultado das análises de cinco semanas seguidas.
 
“Outras praias podem vir a ser consideradas impróprias, ao final da série de cinco coletas semanais, se apresentarem, em pelo menos duas semanas, índices acima do aceitável pela Resolução 274 do Conama, que regulamenta o exame de balneabilidade”, explicou o gerente de Análise e Monitoramento da Semace, Gustavo Gurgel.
 
De acordo com o gerente, os trechos da orla da zona leste, que inclui toda a Praia do Futuro, apresentaram condição “favorável”, mas ainda não podem ser anunciadas como próprias para o banho. “Terão de esperar a série de cinco exames”, completou Gurgel. Veja o boletim semanal completo aqui.

Boletim de transição

A Semace seguirá emitindo o boletim de transição, até que se completem as cinco semanas necessárias à análise da série. Até lá, serão informadas apenas as praias impróprias indicadas pelo critério de exceder a proporção de 2.500 coliformes termotolerantes por 100 ml de amostra. Depois do boletim definitivo, a autarquia voltará a analisar também a balneabilidade das praias localizadas fora de Fortaleza.

Volta do boletim

A coleta de amostras de água voltou a ser realizada, neste mês de setembro, quando a frequência de banhistas ficou próxima à de antes da pandemia. O serviço foi suspenso no dia 17 de março, por causa da decretação do isolamento social. Os técnicos da Semace passaram a realizar a coleta com equipamentos de proteção individual contra o coronavírus. Os carros e utensílios estão sendo desinfetados.

DN

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site