Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

sábado, 1 de agosto de 2020

FAEC APRESENTA SUGESTÕES A PROGRAMAÇÃO DO FNE PARA 2021 E PEDE INCLUSÃO DO SETOR RURAL NA RESOLUÇÃO DE CRÉDITOS EMERGENCIAIS

Atendendo a convite da presidência  do Banco do Nordeste, o presidente da Federação da Agricultura Pecuária do Estado do Ceará – FAEC, Flávio Saboya, participou de uma  live promovida pelo Banco, para de forma participativa,  elaborar  a programação da gestão do Fundo de Financiamento do Nordeste (FNE), para o ano  2021.
Entre as reivindicações apresentadas estão a de que a Resolução do Conselho Monetário Nacional Nº 4798, de 06 de Abril de 2020, autorize o financiamento com recursos do FNE, também para o setor produtivo rural, haja vista que, essa Resolução somente autoriza empréstimos para atender a Indústria, Comércio e Serviços, nos  Municípios com estado de calamidade pública decorrente da emergência de saúde pública relacionada ao novo Coronavírus (Covid-19).
PAUTA DE REIVINDICAÇÃO DOS SINDICATOS FILIADOS A  FAEC:
  1. Autorizar que os recursos do FNE possam financiar carros utilitários (cabine dupla) para os produtores rurais;
  2. Criar uma linha de crédito com recursos do FNE, para que seja financiadas despesas de emolumentos, seguro obrigatório e taxa de avaliação dos imóveis rurais;
  3. Aumentar o limite do valor máximo da isenção da cobrança da taxa de avaliação para produtores rurais de R$ 200.000,00 para R$ 500.000,00;
  4. Reduzir o percentual cobrado sobre o valor dos bens a serem avaliados de 0,5% para 0,2 %;
  5. Alterar a  Resolução do Conselho Monetário Nacional Nº 4801 de 06 de Abril de 2020 que autorizou, os agentes financeiros, a prorrogação do reembolso das operações de crédito rural de custeio e de investimento, com parcelas vencidas de 1º de janeiro a 14 de agosto de 2020  para  serem pagas no dia 15 de agosto de 2020, conforme proposta abaixo:
Parcelas vencidas e vincendas entre 01 de janeiro a 30 de dezembro de 2020 serão pagas da seguinte forma:
Operações de Custeio: 7 (sete) anos;
  • Operações de Investimento: 1 (um) ano, após o vencimento final do contrato, para cada parcela prorrogada;
 Em face de defasagem dos preços contidos no Anexo FNE 49 BNB, atualizarem o limite máximo de financiamento para aquisição de Matrizes Bovinas, Ovinas e Caprinas e outros.
  1. Solicitar que a  Resolução do Conselho Monetário Nacional Nº 4798, de 06 de Abril de 2020, autorize o financiamento com recursos do FNE, também para o setor produtivo rural, haja vista que, essa Resolução somente autoriza empréstimos para atender a Indústria, Comércio e Serviços, nos  Municípios com estado de calamidade pública decorrente da emergência de saúde pública relacionada ao novo Coronavírus (Covid-19);
  2. Esforço junto aos nossos parlamentares para que decaia o veto presidencial dado à prorrogação do prazo da Lei 13.340/2016.
  3. Viabilizar um diploma legal, autorizando que  as operações de crédito rural contratadas no período de 01 de janeiro de 2012 a 31 de dezembro de 2017, possam ser também repactuadas, ou liquidadas  nas mesmas condições da lei 13.340/2016.
  4. Paralisação e proibição de cobrança judicial no ano de 2020 das operações de crédito rural inadimplentes;
  5. Que a liquidação ou negociação  dos financiamentos das agroindústrias sejam também incluídas na lei 13.340/2016
Fonte: Portal do Gonverno
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site