Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

sábado, 1 de agosto de 2020

Chão do Maciço oferece cardápio com cafés, doces e produtos da terra

Os agricultores do Maciço de Baturité também contam um serviço de entregas de produtos da agricultura familiar. O Chão do Maciço, iniciativa que reúne cerca de 120 pequenos produtores da Rede de Agricultores Familiares do Maciço de Baturité, realiza entrega de produtos da terra a cada 15 dias em Fortaleza a preços acessíveis e semanalmente na região da Serra. O cardápio inclui itens como frutas, hortaliças, mel, frangos e ovos caipiras, café, temperos, queijos, bolos e doces.
Os interessados podem conhecer o projeto através do endereço dochaomacico.webnode.com e realizar os pedidos diretamente com o produtor através do Whatsapp. A partir do dia 15 de agosto, a iniciativa amplia o atendimento através do Mercadinho Agroecológico do Maciço, onde o cliente poderá adquirir produtos dos diferentes sítios e cooperativas participantes numa única compra. O pagamento é realizado por meio de boleto bancário ou cartão de crédito.
Participam da iniciativa os sítios Bem-Te-Vi e Fênix Orgânico, famosos pelo café de sombra; Sítio Jordão e Multisabor da Terra, com deliciosos derivados de banana e culinária tradicional; Sítio Gameleira, que preserva os ofícios de engenho de cana-de-açúcar e tem rica produção de rapaduras e alfinins; e Da Horta, com temperos feitos com alhos frescos e sem conservantes. Além destes, a Cooperativa da Agricultura Familiar de Ocara (Cooaf) e a Feira Agroecológica de Baturité.
A taxa de entrega varia entre R$ 3 e R$ 5, na região do Maciço, e R$ 10 para Fortaleza. Mais informações através do Whatsapp Business (85) 99183-4490.
Vitrine para o agricultor
Paralelamente ao lançamento do Portal da Agricultura Familiar, a Secretaria do Desenvolvimento Agrário vem divulgando iniciativas voltadas ao empreendedorismo e ao comércio virtual no período da pandemia da Covid-19. A plataforma Do Chão Maçico foi desenvolvida em parceria com o escritório do Sebrae em Baturité, ainda assim vários produtores do grupo são assistidos por ações da Secretaria.
Além do Chão do Maciço, o órgão do Governo do Ceará apoia as feiras virtuais de Quixeramobim e de Sobral, a confecção de máscaras de tecido em diversas partes do Estado, os serviços de entregas da Cooperfam e do MST e o aplicativo da Cooperboa. “Existem problemas históricos e, com a pandemia, fomos forçados a buscar a inovação para promover a economia solidária”, pontua o secretário De Assis Diniz.
“Quando o consumidor compra na sua rua, no seu bairro e na sua cidade, estimula o desenvolvimento de capacidades e o Portal da Agricultura Familiar busca estimular esta dimensão econômica. As feiras virtuais, os deliveries e os drive thrus não são um modismo: são ferramentas que chegaram com força e vieram para ficar, se consolidando cada vez mais nos municípios do interior para dar dinamicidade à atividade econômica da agricultura familiar”, conclui.
Fonte: Portal do Gonverno
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site