Clique aqui na imagem e ouça a Web Rádio ao vivo

Pages

sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Boa safra na Serra da Ibiapaba faz o preço da banana cair na Ceasa

Boa safra na Serra da Ibiapaba faz o preço da banana cair na Ceasa

27 DE AGOSTO DE 2020 - 14:28

Texto: André Gurjão
A semana segue com o mercado agrícola bem abastecido e com o preço da banana em baixa em decorrência da boa quadra chuvosa na Serra da Ibiapaba. O cento do produto é ofertado no entreposto da Ceasa, em Maracanaú, por um preço que varia entre R$ 20 e R$ 30 e o quilo custa entre R$1,80 e R$ 2. O caju se mantém à R$ 2,40/kg, o preço da goiaba sobe um pouco para R$ 2,60 e o abacate grande custa R$ 4,50/kg. As informações são de Odálio Girão, analista de mercado da Ceasa.
O limão continua com um preço elevado, de R$ 4,50/kg; a laranja-pêra é vendida a R$ 2,20; o mamão havaí é ofertado por R$ 4 e o mamão formosa custa R$ 1,60/kg. A lista do setor de frutas inclui ainda os melões amarelo e japonês por R$ 2,50 e R$ 1,80, respectivamente; o quilo do maracujá está custando R$ 4,50 e o quilo do morango chega ao consumidor pelo preço de R$ 20 à R$ 22/kg. “Tangerina, em plena safra a tangerina, de R$ 3 até R$ 3,40 por aquilo”, acrescenta.
No setor das hortaliças e folhosas, a oferta do repolho é de R$ 2,20/kg, o quilo da erva doce e da hortelã custam, respectivamente, R$ 16 e R$ 10, e a parelha de cebolinha e coentro sai por R$ 1. No setor de hortaliças e frutos, o jerimum caboclo, leite e jacarezinho segue em queda e é vendido à R$ 1,50, os pimentões vermelho e amarelo custam R$ 15/kg e “o tomate cajá está com uma boa oferta de R$ 2,40/kg “. O feijão verde chega à R$ 10 por quilo e o tomate longa vida fica em R$ 2,60.
Os preços do quilos do alho e da batata inglesa caíram para R$ 17 e R$ 2,60, respectivamente. E, ainda no setor de raízes, bulbos e rizomas, a batata doce é ofertada R$ 1,80 e o quilo da cebola caiu 54% e chega ao consumidor por R$ 1,70. Completam a lista do analista de mercado, a cenoura extra por R$ 3 e a cenoura especial que custa R$ 2. “Nos laticínios, o queijo coalho da região jaguaribana continua a R$ 22 por quilo”, conclui.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

As Mais Lidas do Site

Sebrae

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Blog do Rogério Gomes

Olhar Munipal com Fábio Tajra

Acordeon para iniciantes

Tempo Agora em Fortaleza

Ouça no Rádios Net

Total de visualizações do Site